Fotos Escola de Samba Salgueiro – Rio de Janeiro

Image # 1Escola-de-Samba-Salgueiro-1.gif” alt=”” width=”397″ height=”401″ />

Salgueiro brilho e beleza no sambódromo..

G.R.E.S. Acadêmicos do Salgueiro, ou simplesmente Salgueiro, é uma das escolas de samba tradicionais do Rio de Janeiro. Com base no Andaraí, zona norte do Rio de Janeiro, a Escola de Samba Salgueiro tem suas origens no início do século 20 e mais tarde, em duas escolas distintas do morro do Salgueiro, na Tijuca.

As cores do Salgueiro – vermelho e branco – são associados com o santo padroeiro do Rio de Janeiro, São Sebastião, e Xangô, o orixá afro-brasileiro.

Em meados dos anos 1960, quando o Salgueiro se tornou um sucesso entre os amantes do samba da classe média, a escola “desceu o morro para o asfalto”, e começou a ensaiar em um clube no Andaraí, tornando assim mais fácil a participação das pessoas . Em meados dos anos 1970, o Salgueiro se mudou para o local onde esta atualmente, no mesmo bairro.

O slogan da escola é “Nem Melhor, Nem Pior, apenas Uma Escola Diferente”.

História do Salgueiro

Em 1953, quando o desfile de Carnaval do Rio de Janeiro ainda acontecia na Praça XI, o Salgueiro, como é conhecido hoje, nasceu da fusão de duas outras escolas de samba. Ele logo subiu para o nível de liderança junto a outras escolas de samba como Mangueira, Portela e Império Serrano.

Os anos 1960 e 1970 foi uma época de glória para Salgueiro. Na década de 1960, a escola ganhou três títulos. Na década de 70, ele ganhou o título com “Festa para um Rei Negro” – que lançou a escola em uma nova fase de luxo e criatividade nos desfiles de Carnaval, graças ao brilhante Joãosinho Trinta.

Depois de uma fase difícil na década de 1980, a escola ganhou um título em 1993. No século 21, o Salgueiro fez desfiles fabulosos, que, apesar de não obterem títulos como resultado, deixaram lembranças duradouras, como em 2005 e em 2008.

Image # 2

Image # 3

Image # 4

Image # 5

Image # 6

Image # 7






Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *