Fotos de Mario Quintana – Biografia

Mario Quintana importante e influentespoeta moderno

Mario de Miranda Quintana (30 de julho 1906 – 05 de maio de 1994) foi um escritor, poeta e tradutor. Nascido em Alegrete, Estado do Rio Grande do Sul.

Mario Quintana era considerado um poeta das coisas simples, com um estilo marcado pela ironia profundidade e perfeição técnica. Ele trabalhou como jornalista quase toda a sua vida e traduziu mais de cento e trinta obras. Essas obras literárias incluem Em Busca do Tempo Perdido de Marcel Proust, Sra. Dalloway de Virginia Woolf, e Palavras e Sangue de Giovanni Papini.

Mario Quintana viveu a maior parte da sua vida na capital do estado, Porto Alegre, escrevendo principalmente para o Correio do Povo e traduzindo uma gama de escritores europeus para a Livraria do Globo.

Suas qualidades como poeta foram revelados em sua primeira coleção de sonetos, A Rua dos Cata-Ventos (Windmill Street, 1940). Tradição e modernidade são conciliados em sua abordagem inovadora. A consolidação de seu trabalho veio depois de oito coleções. Ele também é um aforista na forma clássica, com uma espécie de graça do século18.

Um boêmio incorrigível que vive uma vida solitária, viajou pouco, e guardava sua privacidade contra os críticos e admiradores. As obras de Mario Quintana foram inspiradas por: Cecília Meireles, Augusto Meyer, Manuel Bandeira e Carlos Drummond de Andrade. Ele foi o último grande escritor de sua geração.

Image # 1

Image # 2

 

Image # 3

 

Image # 4

 

Image # 5

 

Image # 6

 

Image # 7

 






Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *